A Criatividade Urbana na Região de Lisboa

Cidade criativa: Tecnologia, Talento e Tolerância – 3 T’s – modelo de análise de Richard Florida.

O primeiro está associado à inovação tecnológica, o segundo à educação e ao conhecimento e o terceiro à faculdade de fazer diferente.

O presente estudo – A Criatividade Urbana na Região de Lisboa – é um contributo [excelente contributo] para a criatividade urbana e os seus impactos no desenvolvimento das cidades e das regiões.

Inicia-se por uma abordagem a conceitos e perspectivas sobre a criatividade urbana assentes em modelos teóricos, entre outros, a cultura nas políticas regionais e urbanas e a Criatividade e desenvolvimento urbano e regional:

conceitoschavepoliticasculturais

modelodesenvolvimentoregional

Apresenta um conjunto de intervenções urbanas integradas no modelo da cidade criativa em 8 áreas metropolitanas europeias.  Analisa a dimensão da economia criativa na região de Lisboa e Vale do Tejo:

trabalhadoressectorcriativoaml

Analisa ainda um conjunto de casos de criatividade urbana na região de Lisboa – 10 casos – divididos por eventos, organizações e lugares:

casosestudo

Por fim, define orientações políticas e enumera objetivos e ações de uma política de criatividade urbana na região de Lisboa e Vale do Tejo, destaco:

– Privilegiar a criatividade como estratégia para a regeneração urbana integrada;

– Apoiar a iniciativa empresarial no campo das atividades criativas.

criatividadeurbananaregiaodelisboa

click na imagem

Anúncios

País precisa de um Governo que não esteja em guerra com a Constituição

Intervenção da deputada Ana Catarina Mendes durante o debate na generalidade da proposta de Orçamento de Estado para 2015.

Ana Catarina Mendes foi recentemente eleita presidente da Federação Distrital de Setúbal do Partido Socialista.

Marques Mendes acha lamentável não haver presos no caso BES

# Público

O principal problema do nosso país: a justiça.

marquesmendes

Luís Marques Mendes considerou neste sábado lamentável não estar ninguém preso no caso BES.

No seu habitual comentário de sábado na SIC, Marques Mendes considerou positivo o início da Comissão Parlamentar de Inquérito ao caso BES, marcado para o próximo dia 17 e em que serão ouvidas cerca de 120 pessoas. Continuar a ler