IDSET | seminário “Empreendedorismo e Criação do Próprio Emprego”

A IDSET – Associação Portuguesa para a Inovação e Desenvolvimento vai realizar um Seminário sobre “Empreendedorismo e Criação do Próprio Emprego”, no próximo dia 18 de Dezembro às 9h30 no Auditório do NNIES no Mercado do Livramento em Setúbal, em parceria com o Município de Setúbal, Ninho de Novas Iniciativas Empresariais de Setúbal e a Escola Profissional Cristóvão Colombo.

seminariostb-1728x800_c

Veja o programa aqui.

A IDSET – Associação Portuguesa para a Inovação e Desenvolvimento é uma associação empresarial, sem fins lucrativos, de âmbito nacional, tendo como seu objetivo primário o apoio a empresas e empresários/as de todos os sectores de atividade, promovendo a colaboração, a concertação e a parceria entre os diversos agentes, de modo a tornar as regiões mais competitivas, contribuindo, assim, para o desenvolvimento socioeconómico do país. Continuar a ler

Montijo | Partido Comunista contra aeroporto low cost na BA6

A direção de organização regional de Setúbal do Partido Comunista Português considera que a opção Montijo BA6 “apresenta limitações na gestão de tráfego aéreo devido à orientação das pistas e à proximidade do Aeroporto da Portela, ao número de horas que permite operar livre de limitações, nomeadamente de ruído, aos acessos rodoviários e a ligação à rede de transportes, os custos inerentes à adaptação de uma estrutura militar a fins civis que vai ser temporária, quando o país precisa de uma nova e com carácter definitivo que já deveria estar em fase de construção no Campo de Tiro de Alcochete de forma faseada”.

z_montijo1

Para os comunistas da região de Setúbal, “o anúncio que a Base Aérea do Montijo pode ter que ser usada por parte do tráfego Aéreo que ruma a Lisboa vem colocar de novo na ordem do dia a questão da saturação do Aeroporto da Portela. Esta é uma daquelas questões que há muitos anos estão em cima da mesa, e que levou a que várias opções de localização fossem equacionadas ao longo dos anos e que, finalmente, tivesse sido decido que a solução que melhor serve os interesses do país fosse a instalação desta importante e estratégica infraestrutura de transportes se situasse no Campo de Tiro de Alcochete”. Continuar a ler

Jornal Semmais | edição 13 de dezembro

Destaque:

– Entrevista ao presidente da Câmara Municipal do Montijo,  Nuno Canta “a maioria das criticas da oposição são fantasias”;

– Setúbal – a região do país onde mais mulheres forma mortas por um familiar ou alguém com quem mantinham uma relação intima.

Cascais | primeira escola de negócios sociais

IES – Social Business School, assim foi baptizada a primeira escola de negócios sociais em Portugal que será inaugurada na próxima sexta-feira em Cascais. Com foco na inovação e no empreendedorismo, o espaço oferece um portefólio de formação, investigação e consultoria para apoio a empreendedores e organizações sociais, sector público, empresas, fundações e universidades na criação de negócios sustentáveis.

cascaisescolasocial

O estatuto de escola de negócios é, nada mais, nada menos, do que o reconhecimento do Instituto de Empreendedorismo Social (IES) enquanto estabelecimento de ensino oficial. A funcionar há seis anos no concelho, o IES já fomentou o contacto de mais de mil alunos com seis mil agentes da mudança em Portugal e Moçambique, através de cerca de 40 iniciativas no âmbito do empreendedorismo social. Continuar a ler

Eletricidade fica 3,3% mais cara em 2015

Fonte Expresso

O preço da eletricidade vai aumentar 3,3% a partir de janeiro do próximo ano, para os consumidores que estão no mercado regulado.

eletricidade

De acordo com a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), em termos médios, “espera-se que em 2015 cerca de 75% da energia total consumida em Portugal pelo segmento de baixa tensão esteja sujeita a preços definidos em regime de mercado, restando apenas 25% sujeita a preços regulados pela ERSE”. Continuar a ler

Montijo | orçamento municipal novamente rejeitado

Em reunião pública extraordinária, no dia 15 de dezembro, a Câmara Municipal do Montijo debateu novamente o Orçamento e o Plano de Atividades para 2015. Os documentos voltaram a ser rejeitados com os votos contra da CDU e do PSD e os votos favoráveis do PS.

Apesar de todo o processo negocial desencadeado nos últimos meses pelo executivo do Partido Socialista no sentido de estabelecer um consenso político, os vereadores da CDU e do PSD voltaram, assim, a reprovar os documentos, após uma primeira votação negativa na reunião de câmara de 29 de Outubro.

capa-montijo-720x340

O executivo socialista apresentou para discussão um novo orçamento que revelava algumas alterações face ao documento anterior, consubstanciando-se, essencialmente, no aumento da despesa de capital de 1,6 milhões de euros para 2,1 milhões de euros, assim como na redução de despesas correntes com a aquisição de serviços e com pessoal. No global, o orçamento apresentava um valor de 25.543.214,00 euros.

O Partido Socialista mostrou, assim, disponibilidade para ir ao encontro de algumas das exigências dos partidos da oposição, aceitando sugestões como o aumento do valor para investimentos públicos a realizar em todo o concelho. Continuar a ler