LX-UP | Quantos miradouros pode ter Lisboa?

Lisboa tem 16 miradouros oficiais. Mas escondidos entre as suas colinas e ruas estreitas, erguidos sem alardes sobre edifícios, prédios e águas-furtadas, muitos outros “miradouros” haverão de surgir com as suas privilegiadas e inesperadas vistas panorâmicas.

A proposta é da Lx – Up, um projecto com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, que pretende tornar a capital lusa na cidade com mais miradouros em todo o mundo.

O projeto LX – UP dá a conhecer os miradouros escondidos de Lisboa e convida os cidadãos a registar novos miradouros.

Já estão registados mais 43 miradouros escondidos de Lisboa. Conheça-os aqui.

Anúncios

Municípios devem recorrer à via judicial para travar fusões nas águas

Fonte: Lusa

O presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), Manuel Machado, defendeu hoje, em Coimbra, o recurso à via judicial por parte dos municípios para se travar o processo de fusão de sistemasmultimunicipais de água.

abastecimentoagua

“Cada município é livre de tomar as decisões que entender”, mas a ANMP defende o recurso à “via judicial, se este processo [de agregação de sistemas multimunicipais de água] prosseguir”, afirmou Manuel Machado, que falava aos jornalistas ao princípio da tarde de hoje depois de ter participado numa reunião do Conselho Diretivo da Associação.

“A fusão de uma empresa com outra só pode ser feita por deliberação qualificada da assembleia geral”, sustentou o presidente da ANMP, recordando que a empresa Águas de Portugal (AdP) detém 51% do capital social das empresas envolvidas em processos de agregação preconizados pelo Governo.

A AdP não tem, assim, “poderes em assembleia geral para determinar” fusões de sistemas multimunicipais de água, salientou. Continuar a ler

PCP questiona Governo sobre vagas para médicos de família em Almada e no Seixal

Os deputados do PCP tiveram conhecimento que não foi aberta nenhuma vaga para médico de medicina geral e familiar no Agrupamento de Centros de Saúde de Almada/Seixal, no concurso aberto para a colocação dos médicos que terminaram o internato médico na segunda época de 2014. Os deputados comunistas não compreendem esta decisão, quando nos Concelhos de Almada e Seixal há muitos utentes sem médico de família e quando os cuidados de saúde primários não respondem adequadamente às necessidades da população.

pcplogo-1728x800_c

Estima-se que haja cerca de 70 mil utentes sem médico de família na área de abrangência do Agrupamento de Centros de Saúde de Almada/Seixal, o que corresponde a cerca de 20% da população abrangida.A carência de médicos de família e o desinvestimento nos cuidados de saúde primários têm reflexos nos cuidados hospitalares.

A rutura do serviço de urgências no Hospital Garcia de Orta não está desligada do elevado número de utentes sem médico de família, nem da insuficiente resposta dos serviços de saúde de proximidade.

O reforço dos cuidados de saúde primários, designadamente na atribuição de médicos de família a todos os utentes, permitiria resolver muitos problemas de saúde, libertando os cuidados hospitalares para as situações mais graves. Continuar a ler

Engenharia de Aveiro cria cisterna para abastecer carros elétricos

Fonte: Revista Invest

Chama-se Dispositivo Modular de Armazenamento de Energia Elétrica (DMAE) e pretende diminuir a resistência à opção pelo automóvel elétrico. Simplisticamente, consiste numa estrutura metálica que aloja baterias de iões de lítio – as mesmas que equipam os automóveis elétricos – e que é móvel por estar inserido num camião.

DMAE

Desenvolvido no Departamento de Engenharia Mecânica (DEM) da Universidade de Aveiro (UA), o Sistema de Gestão e Controlo do DMAE, é o cérebro que torna exequíveis as inovadoras funcionalidades do dispositivo.

Diminuir os tempos de espera para carregar o automóvel, ultrapassar as limitações decorrentes da rede elétrica e possibilitar modelos de negócio decorrentes do armazenamento de eletricidade, serão as características distintivas desta tecnologia que, sendo móvel, pode não só ir ao encontro dos condutores que optaram por um carro ecológico como também efetuar o armazenamento de eletricidade em qualquer central de produção de energia renovável. Continuar a ler