AML | qual o município que cobra a taxa mais elevada de IMI?

Se vive em Mafra ou em Setúbal, já sabe: paga a taxa de IMI (imposto municipal sobre imóveis) mais elevada da Área Metropolitana de Lisboa!

Se tem a “sorte” de viver nos concelhos de Lisboa ou Vila Franca de Xira, paga a taxa mais baixa da AML.

O IMI incide sobre o valor patrimonial tributário dos prédios rústicos e urbanos, situados em território português. É devido pelo proprietário, usufrutuário ou superficiário do prédio a 31 de dezembro do ano a que respeita.

O valor patrimonial tributário é determinado por avaliação, tendo por base o tipo de prédio.

Os municípios, mediante deliberação da assembleia municipal, fixam a taxa a aplicar em cada ano, dentro dos intervalos previstos (0,3 e 0,5), podendo esta ser fixada por freguesia.

AML | qual o município que cobra a taxa mais elevada de IMI? Um mapa colorido. Com pouco verde! Algum amarelo, muito laranja e ainda com cor vermelha!

click na imagem para ver melhor

AMLqualomunicipioquecobramaisIMI

Os municípios da Área Metropolitana de Lisboa, em média, cobram 3,99% de taxa de IMI. Abaixo da média estão 9 municípios. Apenas dois cobram taxa mínima – Lisboa e Vila Franca de Xira. Por sua vez, os municípios de Setúbal e Mafra aplicam a taxa máxima.

Prazos de pagamento:

– Valor igual ou inferior a 250€ – Em uma prestação durante abril
– Valor entre 250€ e 500€ inclusive – Em duas prestações durante abril e novembro
– Valor superior a 500€ – Em três prestações durante abril, julho e novembro

Anúncios

17 pensamentos sobre “AML | qual o município que cobra a taxa mais elevada de IMI?

  1. Gostava que me explicassem por que é as Camaras CDU, são aquelas que cobram as taxas mais Altas, existe alguma razão para isso, depois do assalto que fomos vitimas na avaliação das nossas casas, vivo numa Camara CDU, e sinceramente, nas próximas eleições, provavelmente vão deixar de ter o meu voto.

    • Se formos ver o conselho de Mértola PS no interior o mais pobre do pais desertificado por condutas hereditárias do fascismo e nunca recomposto onde cerca de 80 por cento do patrão empregador e’ a camara «««« O conselho de Loulé PS o mais rico do pais superpovoado pelo turismo no litoral por condutas hereditárias do liberalismo económico um povoador a pagarem taxas iguais diria que não tem nada de novo o saque e a receita do povo na terra que os viu partir já nascidos uns por encomenda outros paridos entalados pela panela dos partidos.

  2. se reparar bem, caro Carlos Pereira, na Área Metropolitana de Lisboa só dois municípios aplicam a taxa máxima de 0,5%, ou seja, Setúbal=PCP e Mafra=PSD.
    Será a célebre junção do famoso Vodka/Laranja?

  3. Realmente até tem razão,na maioria quem tem as câmaras a pagar mais são autarquias da CDU,mas afinal como é???? pois já sei…….. é que,quem tem uma casa é rico e então há que ir lá buscar uns dinheiros.

  4. É realmente uma vergonha serem as câmaras CDU a cobrar mais de IMI, se soubesse o que sei hoje, nunca teria comprado casa própria! Ainda por cima trabalho numa dessas câmaras… Uma tristeza.

  5. As camaras que têm IMI máximo foi devido a uma condição imposta pelo governo às camaras em situação financeira caótica.Não tem a ver com cores politicas mas com pessoas.Não tenho opinião formada mas aqui no caso de Setúbal dizem que foi o senhor Mata Caceres que por acaso não é CDU mas deixou a cidade parada no tempo.Não me importo de pagar IMI máximo se o trabalho em prol dos cidadãos for visivel.É o caso da cidade de Setúbal atualmente.

    • O Paulo disse a verdade. Para além da situação em que Mata Cáceres deixou a Câmara Municipal de Setúbal, a ajudar a isto tudo há também a distribuição de receitas do Governo Central, onde para além da derrama obrigatória da colecta do IMI, distribui o que quer, o que lhe apetece e à cor politica deles. A CDU nunca foi governo, logo nunca teve os bolsos cheios dos impostos colectados pela Tributação do Governo Central e tem que viver com a colecta local, como por exemplo o IMI. O dinheiro do IMI, por Lei e porque não conseguem lá mexer, nunca é distribuido pelos Governos no Poder. Antes de virem para aqui deitar postas de pescada, acho que se deveriam informar, localmente e através dos meios próprios (vão às reuniões das assembleias da V/ localidade ou à V/ freguesia) e informem-se ! No meiio da porcaria que já há na politica a CDU até é a menos má.

  6. Segundo percebi por outros artigos, aumentaram os valores do IMI para compensar outras áreas em que vão receber menos fundos, tipo educação, estradas e afins. O que para mim não faz sentido, dado que não resido em Portugal mas ainda possuo uma habitação, e sou obrigado a pagar coisas que não me beneficiam de todo!

  7. Setúbal está obrigada a aplicar a taxa máxima devido ao contrato de reequilíbrio financeiro( é uma das cláusulas do contrato), contrato este que foi necessário fazer devido à situação desastrosa que o PS deixou a câmara.

    • É Verdade. Eu na altura pedi na Câmara, porque são dados públicos, e tive acesso às contas da Câmara de Setúbal. O Senhor Mata Cáceres fez Lesa-Pátria do dinheiro dos contribuintes e o mais grave de tudo isto, é que esse senhor nem chegou a ir às barras do Tribunal. Neste assunto não foi feita justiça.

  8. Verdade. O Mata Caceres deixou a Câmara endividada e agora a Câmara é obrigada pelo contrato de reequilibrio financeiro a aplicar a taxa máxima

  9. Que eu saiba este ano éra o ano que o IMI baixava.Não baixou nao sei porque.
    Para certos papagaios que por aqui andam,a culpa vai ser sempre do mata caceres.
    Como é agora a culpa do socrates.
    Como se o país estive mal por culpa do socrates.
    todos os anos a sempre desculpas.
    Ou é do anterior governo
    Ou é do mata caceres
    ou é do contrato de reequilíbrio financeiro.
    Mas que contrato é esse, a camara não tem dinheiro nem para comprar pneus?
    Alguns comentaristas(ve-se logo de que partido são) se tivessem a boca fechada fariam melhor.

  10. Meu caso:

    Adquiri habitação e passados 3 meses é que me casei. Desde que acabou a isenção tenho que pagar cerca de 445€ no espaço de 1 Mês. Ou seja, 225€ “meus” + 225€ da minha esposa até ao final de Abril. Informei-me junto das finanças e disseram-me que não havia nada a fazer. Pois deveria ter-me casado e depois adquirido a habitação. A solução seria fazer uma nova escritura. Em que País de Mer… vivemos??!!

Deixe uma Resposta para Carla Dias Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s