Montijo | agenda de eventos maio 2015

Anúncios

Intervenção da Deputada Catarina Marcelino

Intervenção no âmbito do Debate de Urgência (PS) Situação Laboral, Emprego e Desemprego.

Odivelas | orçamento participativo 2015 – recolha de proposta entre 1 de maio e 30 de junho

banner-OP-15_2

Mais informação aqui.

A Câmara Municipal de Odivelas implementa o Orçamento Participativo (OP), porque reconhece a importância da utilização de instrumentos que promovam a participação dos cidadãos nos processos de governação local.

Estes instrumentos que, pela sua natureza, se baseiam na partilha da decisão e no apelo à emancipação social e política dos cidadãos, são transformadores das relações tradicionais entre as Autarquias e a Sociedade, pois abrem um espaço de diálogo e de concertação coletiva sobre a afetação dos recursos às políticas públicas municipais.

O calendário do ciclo do OP de 2015:

  • Preparação do processo: março de 2015;
  • Divulgação: abril de 2015;
  • Recolha das propostas (online e nas assembleias participativas): 1 de maio
    a 30 de junho de 2015
    ;
  • Análise técnica das propostas: 1 de julho a 7 de agosto de 2015;
  • Divulgação da lista provisória dos projetos: 10 de agosto de 2015;
  • Período de reclamação: 10 a 16 de agosto de 2015;
  • Decisão sobre as reclamações: 17 a 31 de agosto de 2015;
  • Divulgação e período de votação dos projetos: 1 a 30 de setembro de
    2015
    ;
  • Apresentação dos resultados (projetos vencedores): 7 de outubro de
    2015
    ;
  • Aprovação do orçamento: outubro de 2015;
  • Execução dos projetos vencedores: janeiro de 2016 a dezembro de 2017.

Path: a cidade que se esconde debaixo de Toronto

Com 30 quilómetros de comprimento, a Path é a maior cidade subterrânea do mundo e esconde-se debaixo de uma congestionada Toronto, no Canadá. Este sistema, que liga mais de 50 edifícios, entre hotéis e escritórios, e atracções turísticas, foi inaugurado em 1900, com os primeiros túneis subterrâneos, mas só ganhou consistência nos anos 60 e 70, com as ligações entre eles e, mais tarde, em 1993, quando a cidade nomeou uma agência para coordenar a infra-estrutura.

path_h

Esta rede subterrânea tem vários espaços comerciais, tem uma temperatura controlada – o que não é despiciendo quando se fala de uma cidade com neve durante grande parte do ano – e permite caminhar calmamente numa rede de túneis, evitando a confusão das ruas.

Segundo o The Guardian, a maioria das pessoa entra e sai do Path em diferentes locais, ou seja, utilizam-no por conveniência e não como destino. Ultimamente, por outro lado, esta incrível passagem subterrânea está a transformar-se numa atracção turística.

“O Path promove a caminhada”, explica James Parakh, gestor de design urbano na cidade e que lidera vários grupos turísticos no Path. Continuar a ler

Mapa dos aumentos e descidas | o que vai acontecer ao preço da água?

Fonte: Observador

Artigo completo aqui.

A reforma do preço da água vai atingir mais de metade do país, quase 200 concelhos, e para a maioria da população abrangida, poderá representar um aumento do preço. O Observador revela o mapa dos aumentos e descidas das tarifas da água e do saneamento, que poderão acontecer por via da reestruturação do setor, com base em dados fornecidos pelo Ministério do Ambiente e Energia.

agua-mapa-lisboai

XXII Concentração Motoclube do Montijo

A concentração do Motoclube do Montijo é já no próximo fim-de-semana. Entre 1 e 3 de maio, a Frente Ribeirinha do Montijo recebe a XXII edição deste importante evento.

motoclubmontijo

Como habitualmente, a música será uma nota dominante da concentração. No dia 1 de maio, a partir das 21h00, haverá um concerto com as bandas Johnny’s Band, Lei Seca e Lips. Continuar a ler

Intervenção da Deputada Eurídice Pereira

Intervenção no âmbito dos Projectos Lei (PPD-PSD, PS, CDS-PP e PCP) Projectos de Resolução de Resolução (PS, PPD-PSD e CDS-PP, BE) sobre reconversão urbanística das áreas urbanas de génese ilegal.

UM-Cidade | começou a corrida ao município do ano!

Será que a sua cidade tem condições para ser o Município do Ano? Poderá sabe-lo a 9 de Julho, quando os Prémios Município do Ano 2015 forem atribuídos. Para já, e até 12 de Junho, as cidades que reunirem condições para obter o galardão podem apresentar a sua candidatura a esta iniciativa da plataforma UM-Cidades da Universidade do Minho.

umcidades

O objectivo da iniciativa passa por encontrar – e distinguir – projectos locais, implementados pelas autarquias, que contribuam para o crescimento, inclusão e sustentabilidade dos territórios em que estão inseridos.

À semelhança da primeira edição, que ocorreu no ano passado, além do prémio principal (a nível nacional), existem também categorias regionais, com especial atenção para municípios com menos de 20 mil habitantes. Continuar a ler

INE | tipologia socioeconómica das Áreas Metropolitanas de Lisboa e Porto – 2011 | edição 2014

Este estudo estatístico pretende constituir um contributo para a compreensão das características e dinâmicas territoriais metropolitanas, salientando os contrastes existentes entre os vários subespaços da Área Metropolitana de Lisboa e da Área Metropolitana do Porto.

Partindo da análise de indicadores resultantes das operações censitárias operacionalizados à escala da subsecção estatística, é apresentada uma tipologia socioeconómica dos dois espaços metropolitanos construída através de técnicas de análise multivariada de dados.

click na imagem para ver documento

   tipologiasocieconomicaamlp

Montijo | Inauguração das Obras de Reabilitação do Mercado Municipal

“É com grande orgulho que inauguramos a reabilitação do Mercado e o devolvemos ao povo do Montijo neste Dia da Liberdade”. As palavras são do presidente da Câmara Municipal do Montijo na cerimónia de inauguração da obra de requalificação do Mercado Municipal teve lugar no passado sábado no âmbito das comemorações do 25 de Abril. O presidente salientou que “a realização de um projeto como este exigiu esforço, trabalho, coragem e determinação de muita gente. Agora estão criadas as condições para fazer deste espaço um grande pólo cultural, turístico e económico que atraia as pessoas e contribua para a dinamização comercial do espaço público no centro da cidade”.

A cerimónia contou com a atuação da Banda da Sociedade Filarmónica 1.º de Dezembro e uma degustação de produtos e vinhos regionais.

O Mercado Municipal, um edifício de 1957, foi alvo de profundas obras de remodelação, com o objetivo de adequar este espaço às exigências comerciais, higino-sanitárias e funcionais atuais, permitindo a sua valorização funcional e potenciando a sua frequência e utilização. Um investimento municipal apoiado por fundos comunitários na ordem dos 800 mil euros (+ Iva).

Montijo | sessão solene 25 Abril por Maria Amélia Antunes

Maria-Amelia-AntunesAssinala-se hoje, 25 de Abril, os 41 anos da Revolução dos Cravos e os 40 anos das primeiras eleições livres e democráticas para a Assembleia Constituinte.

O 25 de Abril abriu-nos as portas da liberdade e devolveu a Portugal a dignidade do seu lugar entre as nações livres do mundo.

Na vigência e com respeito pela Constituição da República conseguimos alcançar a consolidação do regime democrático, a integração europeia, a modernização e o progresso económico, afirmação das regiões autónomas, dos municípios e freguesias, um legado precioso da democracia que deve ser continuado, que não pode nem deve andar para trás.

Todos sabemos que acontecimentos recentes decorrentes da intervenção do FMI, do BCE e da União Europeia, a Troika, com o apoio deste Governo levaram a uma política de austeridade traduzida em cortes nos salários, nas pensões, nas prestações sociais que trouxeram grandes dificuldades aos cidadãos, às famílias e às empresas, a par do aumento de impostos, do aumento do desemprego, numa palavra do empobrecimento. Um ataque ao Estado Social, traduzido na degradação do Serviço Nacional de Saúde, da Escola Pública, da Segurança Social Pública, das condições de vida e de trabalho duramente conquistadas pelos trabalhadores nas últimas décadas. Toda a política de austeridade dos últimos anos teve e tem como consequência o aumento das desigualdades sociais. Toda esta situação que temos vivido abalou a confiança nas Instituições Democráticas, gerou incerteza, insegurança e intranquilidade. De facto, é só ter presente a violação reiterada da Constituição da República, a privação dos cidadãos de serviços essenciais de proximidade, como é o caso da justiça com o encerramento de tribunais, que são o garante da legalidade ,da justiça, do Estado de Direito Democrático.

Mas a consciência da situação em que nos encontramos, só pode ser motivo de mobilização para as causas da liberdade, do progresso, da justiça, da justa repartição da riqueza produzida, da igualdade, da solidariedade.

Devemos celebrar a liberdade com a consciência de que uma vez adquirida, não está garantida para sempre. É um valor essencial que tem que ser constantemente defendido, afirmado, praticado e enaltecido. Continuar a ler

41 anos 25 de abril || 40 anos Assembleia Constituinte

No dia 25 de abril de 1975 tiveram lugar as primeiras eleições livres em Portugal. A missão da assembleia eleita seria a de aprovar a lei fundamental do país: a Constituição da República Portuguesa.