Vai à praia?! Junte o smartphone ao protetor solar!

Perto do início da época balnear, há várias apps que ajudam a preparar a ida à praia a partir de casa. Em Portugal, é possível saber mais informações sobre praias com Bandeira Azul e, até, conhecer temperaturas e o estado do vento em tempo real. Contudo, ainda é um progresso tímido face a uma app pioneira na Grã-Bretanha que alerta, em tempo real, para focos de poluição.

beach

Chega o calor e, para muitos, a vontade de rumar à praia mais próxima. Mentalmente, prepara-se a lista do que levar e, entre biquínis e o protector solar, faz cada vez sentido juntar o smartphone aos preparativos indispensáveis para a praia. Em Portugal, é possível saber, partir de casa, a qualidade das praias e as condições atmosféricas do local.

Para 174 praias nacionais, a Fundação Vodafone disponibiliza a app “Praia em Directo”. Através desta ferramenta, é possível escolher uma praia e aceder aos vários indicadores disponíveis. Tem pavor a água gelada e só pensa em destinos de férias com o mar a temperatura aprazível? A temperatura da água é um dos indicadores disponíveis para cada praia registada no sistema, a par da temperatura do ar, índice ultravioleta, velocidade média e orientação do vento e qualidade da água balnear. Todos estes têm uma actualização em tempo real, com excepção da qualidade da água, que provém da avaliação anual da Agência Portuguesa do Ambiente. Em paralelo, uma app da Associação Bandeira Azul apresenta informações sobre as praias galardoadas com a distinção de qualidade ambiental. Há dados de informação ambiental e serviços associados às praias, mas também sem uma dimensão de tempo real.

Estas limitações de actualidade foram já ultrapassadas em Inglaterra. Em Terras de Sua Majestade, um grupo de “Surfistas contra os Esgotos” – assim se denomina a organização não-governamental de protecção dos oceanos – desenvolveu uma aplicação exaustiva de alerta à qualidade das águas balneares, mesmo não sendo o Reino Unido um destino de praia por excelência. Com ligação directa às entidades gestoras de tratamento de esgotos e à Agência Ambiental britânica, este Safer Seas Service emite alertas, em tempo real, quando há descargas que contaminem as praias.

“A informação em tempo real sobre a qualidade da água é vital para assegurar que quem frequenta as praias é capaz de evitar incidentes de poluição e usufruir das praias melhores e mais seguras que temos para oferecer”, comenta, a propósito, o director do projecto, Andy Cummins. Nesta época balnear, a aplicação chega a 330 praias de Inglaterra e País de Gales, depois de um ano de estreia com resultados que impressionam: mais de 212 mil avisos de poluição em tempo real, a cerca de 14 mil utilizadores.

Em termos de abrangência e quantidade de informação, a “Surfistas contra os Esgotos” acredita que este é um serviço único no mundo. Cada vez que uma descarga de esgotos ou um incidente de poluição difusa atinge as praias, os utilizadores da app (ou quem está registado num serviço de SMS semelhante) recebem um aviso. Contudo, é possível ver também um histórico de poluição para cada praia na época balnear e compará-lo com o dos anos anteriores. Desta forma, é possível perceber se o foco de poluição é um caso isolado ou um problema crónico. E, assim, evitar muitos problemas que o protector solar não pode resolver.

Fonte: Smart Cities

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s