Cascais | MURALIZA – Festival de Arte Mural

As paredes de algumas ruas do centro histórico de Cascais vão ganhar uma nova dimensão! De 29 de junho a 6 de julho, de spray ou de pincel em punho, oito artistas internacionais vão fazer arte nas paredes da vila. Um trabalho que vai ser possível acompanhar ao vivo durante os oito dias do Muraliza – Festival de Arte Mural, iniciativa que integra o Festival Internacional de Cultura, o primeiro em Portugal.

muraliza_624x312

Nesta segunda edição, o MURALIZA – Festival de Arte Mural apresenta-se com um maior número de artistas, nacionais e internacionais, e mais iniciativas abertas à participação do público em geral, como visitas guiadas e workshops.

Durante oito dias e sempre com inspiração nas características únicas de Cascais, o público vai poder acompanhar a par e passo as criações de ADD FUEL, MILLO, BOSOLETTI, THIRD, SAMINA, MÁRIO BELÉM, CARMELINO e do coletivo ALTURA.

A maior parte são portugueses, mas a 2ª edição do MURALIZA – Cascais conta também com os talentos estrangeiros MILLO (italiano) e BOSOLETTI (argentino).

Entre os participantes, a iniciativa contará com um artista cascalense, ADD FUEL, mestre na reinterpretação da azulejaria portuguesa que espalhará o seu talento por diversas caixas de eletricidade no centro da Vila.

Vários locais da vila serão intervencionados através do olhar artístico de cada um dos talentos da Arte Mural: Continuar a ler

Anúncios

Jornal Semmais | edição 27 de junho

AML | Municípios promovem iniciativa pública contra a fusão dos sistemas multimunicipais de abastecimento de água e de saneamento

A Área Metropolitana de Lisboa realiza amanhã (hoje), dia 30 de junho, pelas 10H30, no Jardim das Amoreiras (Praça das Amoreiras – junto ao Reservatório da Mãe d’Água), uma iniciativa pública de repúdio do Decreto-Lei 94/2015, de 29 de maio, que determina a fusão dos sistemas multimunicipais existentes na região, criando o Sistema Multimunicipal de abastecimento de água e de saneamento de Lisboa e Vale do Tejo e constituindo a Empresa Águas de Lisboa e Vale do Tejo, SA.

abastecimentoagua

A AML vem defendendo que este processo de reestruturação do setor da água é inaceitável, pois é altamente lesivo dos munícipes da Área Metropolitana de Lisboa; é atentatório do património das câmaras municipais; compromete os objetivos ambientais na região; para além de ser um desrespeito institucional inaceitável para com os municípios.

Nesta iniciativa pública, junta-se ao Presidente do Conselho Metropolitano de Lisboa, Basílio Horta, para além dos municípios da AML, o Presidente de Câmara Municipal de Évora, Carlos Pinto de Sá, entre outros, em nome do interesse público, da defesa e salvaguarda de direitos protegidos constitucionalmente, nomeadamente, os princípios da subsidiariedade, da autonomia das autarquias locais e da descentralização democrática da administração pública.
Recorde-se que a decisão de promover esta iniciativa foi tomada em reunião do Conselho Metropolitano de Lisboa, de 18 de junho.

O Decreto-Lei 94/2015, de 29 de maio, para além de criar o Sistema Multimunicipal de abastecimento de água e de saneamento de Lisboa e Vale do Tejo, constitui também a Sociedade de Águas de Lisboa e Vale do Tejo, SA (ADLVT), atribuindo-lhe a competência da exploração e da gestão do sistema multimunicipal de abastecimento de água e de saneamento de Lisboa e Vale do Tejo.

É feita a fusão dos seguintes sistemas multimunicipais de abastecimento de água e de saneamento:

– Sistema multimunicipal de abastecimento de água e de saneamento do Norte Alentejano – Águas do Norte Alentejano;
– Sistema multimunicipal de abastecimento de água e de saneamento do Alto Zêzere e Côa – Águas do Zêzere e Côa;
– SANEST – Saneamento da Costa do Estoril;
– SIMARSUL – Sistema Integrado Multimunicipal de Águas Residuais da Península de Setúbal;
– Sistema multimunicipal de saneamento do Tejo e Trancão;
– Sistema multimunicipal de abastecimento de água e de saneamento de Raia, Zêzere e Nabão – Águas do Centro;
– Sistema multimunicipal de abastecimento de água e de saneamento do Oeste – Águas do Oeste;
– Sistema multimunicipal de abastecimento de água e de saneamento do Centro Alentejo – Águas do Centro Alentejano.