Citymapper | se anda de transporte público na região de Lisboa esta APP é para si!

Há uma app que está a ajudar as pessoas a orientar-se nos transportes públicos das suas cidades. Chama-se Citymapper. Disponível em várias locais, de São Francisco a Tóquio, chegou agora à região de Lisboa com itinerários de metro (inclui não só o Metro de Lisboa, como o Metro Sul do Tejo), autocarro, eléctrico, comboio urbano (CP e Fertagus) e barco.

citymapper_01-1000x641

O Citymapper reúne os dados dos vários operadores de transporte para te dar os melhores percursos para ires de um ponto A a um ponto B. Inserindo o local de partida e o de destino, a app dá-te uma lista de possíveis trajectos, envolvendo vários tipos de transporte.

O Citymapper funciona não só na cidade de Lisboa, mas também nos arredores. Podes, por exemplo, usar a app para ir da baixa lisboeta para Setúbal ou para Sintra, uma vez que os mapas ferroviários da CP e da Fertagus estão incluídos na app.

Durante a rota, podes usar o Citymapper como guia. Ela diz-te onde tens de apanhar o metro e, enquanto estás dentro dele, mostra-te o mapa das linhas. Se estiveres num autocarro, indica-te as várias paragens. No fundo, é como se tivesses um copiloto no teu bolso. Continuar a ler

Anúncios

Prevenir a corrupção no Setor Público – uma experiência de 5 anos

A Recomendação 1/2009, de 1 de julho, do Conselho de Prevenção da Corrupção (CPC) recomendava a necessidade de os dirigentes máximos de entidades gestoras de dinheiro, valores e património públicos produzirem e adotarem Planos de Prevenção de Riscos de Corrupção e Infrações Conexas.

Resultados do questionário às entidades que adotaram planos de prevenção de riscos de corrupção

(click na imagem para ver documento)

prevenircorrupcaosetorpublico

A recomendação apresentou efeitos práticos mais notórios a partir do início do ano de 2010. Mais de mil entidades do setor público tinham comunicado ao CPC a produção e adoção de instrumentos de prevenção de riscos de corrupção daquela natureza.

Logo no decurso do primeiro ano, 2010, o CPC realizou um trabalho de avaliação sobre os planos que lhe foram enviados, de modo a perceber se tinham sido elaborados e adotados em concordância com as indicações da referida recomendação, bem como do Guião que ao tempo foi divulgado através do sítio da internet. Os resultados dessa avaliação evidenciaram essa concordância. Mas evidenciaram igualmente que, por serem as primeiras versões de instrumentos de gestão com estas características, havia pela frente todo um percurso de consolidação e aprofundamento sobre a primeira versão dos documentos produzidos. Por outro lado, e não menos importante, os resultados dessa análise permitiram perceber também que essas primeiras formulações dos planos de prevenção, impulsionadas pela referida recomendação do CPC, traduziam práticas e atitudes diferentes na cultura das organizações nas vertentes da gestão e prevenção de riscos. Continuar a ler

Amadora | Orçamento Participativo 2016 – apresentação de propostas até 14 agosto

Mais informação aqui.

A Câmara Municipal da Amadora prossegue a sua política de aproximação aos cidadãos ao promover a 6.ª Edição do Orçamento Participativo Amadora.

OP2016amadora

Os munícipes vão continuar a poder contribuir para a construção da cidade, apresentando e votando propostas elegíveis ao Orçamento Municipal do próximo ano.

PARTICIPE:

Apresente a sua proposta até 14 de agosto, utilizando a página do Orçamento Participativo Amadora: www.op.cm-amadora.pt

Algumas das obras dos Orçamentos Participativos dos anos anteriores estão ainda em curso, pelo que o Orçamento Participativo 2016 terá 500.000€ repartidos pelos anos 2016 e 2017. Continuar a ler