O que faz uma cidade um sítio melhor para viver?

Fonte: Smart Cities

Melbourne (Austrália), Viena (Áustria) e Vancouver (Canadá) são as cidades com melhores condições para viver, diz o Global Liveability Ranking 2015. O barómetro, divulgado esta semana pelo The Economist Intelligence Unit (EIU), mostra que, entre os vários factores, a estabilidade é determinante para a qualidade de vida.

MelbourneCBDAerial

Enquanto estas três cidades se mantiveram firmes na liderança da tabela no último ano, no que toca à qualidade de vida, pelo resto do mundo, as oscilações são várias. Das 140 cidades avaliadas no estudo, 53 viram as suas posições noranking mudarem nos últimos 12 meses, sendo que grande parte – 53 cidades – foi para pior. O que levou a estas oscilações? Na maioria, factores relacionados com instabilidade e insegurança: manifestações, actos terroristas, violência, etc. O último ano foi também marcado por protestos contra o abuso de força policial ou a austeridade, o que elevou o risco de tumultos públicos em muitos países, nomeadamente nas cidades dos Estados Unidos com toda a agitação face às várias mortes de afro-americanos sob custódia policial.

O impacto de um ambiente estável na qualidade de vida urbana é ainda mais evidente numa análise a cinco anos. O relatório aponta a fragilidade da estabilidade como a principal causa para a queda da pontuação da qualidade de vida média global. O indicador encontra-se agora nos 75% e caiu 1% nos últimos cinco anos, sendo que um terço desse quebra registou-se apenas no último ano. Já a estabilidade média global diminuiu 2,2% desde 2010 (74,5% para 72,3% actuais).

Posto isto, as cidades cuja qualidade de vida mais caiu em 2015 não surpreendem: Damasco (Síria), Kiev (Ucrânia), Trípoli (Líbia), Túnis (Tunísia), Atenas (Grécia). No ranking global, os últimos lugares da lista pertencem a Trípoli, Lagos (Nigéria), Porto Moresby (Papua Nova Guiné), Dhaka (Bangladesh) e Damasco.

No outro lado da tabela, é a australiana de Melbourne que ocupa a primeira posição, seguida de Viena, Vancouver, Toronto (Canadá), Adelaide (Austrália) e Calgary (Canadá). Mas, afinal, o que coloca estas cidades no topo, para além da estabilidade? A resposta está na qualidade na prestação de cuidados de saúde, cultura e ambiente, educação e infra-estruturas. Para além disso, o estudo aponta ainda uma correlação entre as cidades do topo da lista: as cidades de tamanho médio situadas em países mais ricos e com uma densidade populacional relativamente baixa parecem conseguir melhores resultados.

“[O conceito de] Liveability importa para as pessoas de Melbourne, mas refere-se a muito mais do que qualidade de vida. Através de nosso padrão de vida mais elevado, somos capazes de atrair o tipo de talento e força de trabalho que vai liderar a economia do século XXI”, declarou o chief executive officer da cidade de Melbourne, Ben Rimmer, em reacção ao primeiro lugar do ranking.

Curioso é também o facto de cidades que são fortes centros de actividade económica a nível global, como Nova Iorque, Paris ou Tóquio, verem a sua qualidade de vida prejudicada pelo seu próprio sucesso, aponta o estudo. Taxas de crime elevadas, congestionamento de tráfego e problemas a nível dos transportes públicos representam ainda falhas que afastam estas metrópoles dos dez lugares cimeiros.

O ranking do EIU avalia quais os locais do mundo que oferecem as melhores e as piores condições de vida aos seus habitantes. Para isso, são tidos em conta mais de 30 factores quantitativos e qualitativos referentes a cinco categorias: estabilidade, cuidados de saúde, cultura e ambiente, educação e infra-estruturas. Para cada cidade, os factores são, então, classificados numa escala que vai de “aceitável” a “intolerável”.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s