STARTUP4CITIES – testes para soluções ibéricas

Fonte: Smart Cities

Mais informação aqui.

Com o objectivo de criar uma rede ibérica de laboratórios urbanos, a iniciativa Startup4cities 2015 está receptiva à apresentação de projectos inovadores no âmbito das smart cities, até ao próximo dia 19 de Outubro. Sob alçada da iniciativa, lançada pelas redes portuguesa e espanhola de cidades inteligentes, RENER e RECI, respectivamente, pela INTELI e pela Fundetec, mais de 100 cidades ofereceram-se como laboratórios urbanos para testar as soluções de empreendedores portugueses e espanhóis.

starup4cities

Os projectos submetidos devem, obrigatoriamente, ter sido concebidos em Portugal ou Espanha e encontrar-se numa fase inicial de desenvolvimento. As dez melhores propostas de cada um dos países serão selecionadas, pelo que 20 empreendedores vão apresentar e defender os seus projectos no evento final startup4cities, a realizar no dia 17 de Novembro, no Smart City Expo World Congress, em Barcelona.

Mais de uma centena de cidades das redes portuguesa e espanhola de cidades inteligentes vão estar presentes no evento. A ideia é que estes municípios selecionem os projectos do seu interesse e ‘ofereçam’ a sua cidade como laboratório para testar determinado produto ou serviço, criando-se “uma grande rede ibérica de laboratórios urbanos onde as experiências serão compartilhadas entre todas as cidades”.

Na opinião do presidente da RENER, Almeida Henriques, a cooperação entre as redes de cidades inteligentes portuguesa e espanhola na iniciativa startup4cities constitui “um marco para o desenvolvimento urbano à escala ibérica e a aliança aos empreendedores contribuirá para transformar as cidades em territórios mais amigos do cidadão, mais criativos, mais sustentáveis, mais competitivos e, claro, mais inteligentes”.

Neste esforço para impulsionar o empreendedorismo de base tecnológica para dar resposta aos desafios das cidades inteligentes, a startup4cities conta com o apoio do sector público, através dos Correos, ICEX, Ministerio de Industria,Energía y Turismo y Red.es, e do sector privado, com a colaboração do El Corte Inglés, Endesa, Esri, Ferrovial, Fira Barcelona, Garrigues, HP, Indra e Telefónica.

No ano que passou, a RECI e a Fundetec receberam 98 propostas empreendedoras “de grandequalidade”. “A iniciativa foi muito bem acolhida e obteve um notável reconhecimento por parte do ecossistema empreendedor e das smart cities”, lê-se em comunicado.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s