PS é a maior força política do distrito de Setúbal

A Federação Distrital de Setúbal do PS saúda os eleitores do Distrito que, acorrendo de forma significativa às urnas, demonstraram mais uma vez um elevado sentido de responsabilidade cívica.

logo_ps

Conscientes da importância destas eleições legislativas para o futuro de Portugal, as estruturas e os militantes do Partido Socialista no distrito de Setúbal estiveram na primeira linha do combate, dando o melhor de si mesmos.

A comunicação social do distrito, não obstante os seus constrangimentos financeiros, esteve presente no esclarecimento das várias propostas em confronto e merece o nosso reconhecimento.

Terminadas as eleições, vamos aos factos: No distrito de Setúbal o PS vence as eleições e elegeu mais dois deputados, passando de 5 para 7 deputados, aumentando em percentagem e em número absoluto de votos (foi o partido que mais cresceu em número de votos: 30.000). Em sentido contrário, a Coligação PSD/PP perde 2 deputados, e passa de 7 para 5 deputados e perdeu 60.000 votos; a CDU mantém os 4 deputados, perdendo votos e percentagem e o BE passa de 1 para 2 deputados e aumenta significativamente o número de votos e percentagem.

A nível nacional o PS não alcançou o objetivo eleitoral a que se propôs. A análise destes resultados será feita nos órgãos próprios do PS que, entretanto, já foram convocados para o efeito.

Não obstante, importa desde já sublinhar o novo quadro político: A Coligação PSD/PP perdeu milhares de votos e com eles a maioria absoluta. Isto não é uma questão menor, pelo contrário, tanto mais que o PS cresceu em número de votos e de mandatos, ficando a mais do dobro dos partidos à sua esquerda.

Neste novo quadro a Coligação de direita vê fortemente reduzida a margem de manobra que tinha e não poderá, mesmo que o deseje, prosseguir nas políticas cegas de austeridade.
Os eleitores do distrito de Setúbal concorreram muito para este novo quadro se verificar ao votarem no PS como primeiro partido em todos os concelhos.

A CDU que conduziu toda a campanha como se o PS fosse o seu principal adversário sofreu, também, por isso, um significativo revés, perdendo cerca de 3.000 votos em todo o distrito, não ganhando em qualquer concelho e, assim, não alcançou nenhum dos objetivos a que se propôs no distrito ao contrário do que se propôs alcançar.

A atual Ministra das Finanças e cabeça de lista da coligação de direita em Setúbal sofre uma pesada derrota neste Distrito. Ao contrário do que afirmou durante a campanha, o distrito de Setúbal relegou a direita para menos de um terço da representação parlamentar, mostrando bem a rejeição deste distrito às políticas de direita.

O PS, como maior força política do distrito de Setúbal, responsavelmente, trabalhará para continuarmos dignos da confiança que os eleitores do distrito nos conferiu.

Federação Distrital de Setúbal do PS

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s