ICT 2015 – Innovate, Connect, Transform | inovação europeia visita Lisboa

Fonte: Smart Cities

O melhor da tecnologia digital europeia vai ser apresentado com o rio Tejo à espreita. O Centro de Congressos de Lisboa recebe, entre os próximos dias 20 e 22, aquele que é considerado o maior evento dedicado às Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) da Europa: o ICT2015. “Acelerar o passo para uma economia digital” é o propósito da iniciativa da Comissão Europeia e da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), que dará destaque à importância da criação do Mercado Único Digital europeu para a liderança industrial nesta área.

ict_2015_lisbon

O ICT2015 vai, por isso, desdobrar-se em conferências e exposições. Estão previstas cinco sessões plenárias e 15 sessões paralelas. Outras duas sessões servirão para apresentar o Programa de Trabalho 2016-2017 do Horizonte 2020 (H2020), no qual estão na calha 3,2 mil milhões de euros destinados à investigação e inovação para a digitalização da indústria europeia. O plano tem por objectivo “relançar a capacidade de liderar na economia digital”. Em paralelo, realizar-se-á também o Forum Startup Europe, com enfoque especial no empreendedorismo.

Durante a iniciativa, que, pela primeira vez, não se realiza no país que detém a presidência do Conselho da União Europeia, 150 projectos serão expostos, entre eles iniciativas portuguesas, europeias e internacionais, divididas em três espaços de exposição, que vêm mostrar os seus resultados. Destes projectos 10 têm participação portuguesa e cinco têm liderança de equipas de investigação nacionais, adiantou Pedro Carneiro, vice-presidente da FCT, num encontro, ontem, com jornalistas.

“2014 foi um excelente ano para o progresso. Foi o primeiro ano em que, em termos de programa-quadro, Portugal conseguiu recolher um montante de financiamento superior [140 milhões de euros] à sua contribuição [120 milhões de euros]”, enfatizou o responsável da FCT, acrescentando que “é muito importante dar voz e visibilidade a este progresso [no ICT2015]”.

Segundo Mário Campolargo, director da Direcção-Geral das Redes de Comunicação, Conteúdos e Tecnologias da Comissão Europeia, as cerca de 120 sessões de networking para a criação de consórcios, proporcionadas pelo ICT2015, são uma oportunidade para a capitalização dos 3,2 mil milhões de euros diponíveis nos próximos dois anos no H2020 para esta área.

Além de uma cimeira internacional sobre a rede 5G e do Forum Startup Europe, o responsável da Comissão Europeia salientou também o Desafio FIWARE, com 150 mil euros para a distinção de aplicações móveis na área da agricultura que recorram a esta plataforma aberta para o desenvolvimento de soluções; e o prémio Radar da Inovação. No total serão atribuídos sete prémios, alguns deles às melhores exposições.

A primeira iniciativa do ICT2015 a arrancar será uma exposição interactiva aberta ao público na Praça do Comércio, a inaugurar no próximo dia 18, às 17 horas. Sob o tema “O que as TIC europeias estão a fazer por si?”, uma mão cheia de projectos tecnológicos com impacto concreto no dia-a-dia dos cidadãos vão ser dados a conhecer neste espaço. São o caso do ICT4WATER, que se dedica ao desenvolvimento de aplicações TIC inteligentes para a gestão e eficiência da água, ou do ALFRED, um mordomo virtual interactivo destinado aos mais idosos e cujo objectivo é combater o seu crescente isolamento.

A escultura “Europa” será também presença assídua nesta exposição, que até dia 22 abrirá portas às 10:30h. Uma das curiosidades inerente à obra de arte é que esta é constituída integralmente por peças fabricadas por impressoras 3D, emFablabs.

Sob o mote “Inovar, Conectar e Transformar”, o ICT2015 espera receber mais de seis mil participantes e 127 oradores convidados. Neste espaço de debate sobre as mais recentes políticas e iniciativas da Comissão Europeia na área da economia digital estarão presentes decisores políticos, investigadores e empreendedores. Entre eles o comissário europeu para a Economia Digital, Günther Oettinger, o comissário europeu para a Investigação, Ciência e Inovação, Carlos Moedas, o Presidente da República Portuguesa, Aníbal Cavaco Silva, o ministro da Educação e Ciência, Nuno Crato, o presidente da câmara municipal de Lisboa, Fernando Medina, a secretária de Estado da Economia do Luxemburgo, Francine Closener, e Hans-Olaf Henkel, do Parlamento Europeu.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s