Mapa da Inovação e Empreendedorismo Social

Mais informação aqui.

O MIES – Mapa de Inovação e Empreendedorismo Social, é um projeto de investigação, que tem como objetivo mapear iniciativas de elevado potencial de empreendedorismo social no Norte, Alentejo e Centro do País utilizando como base a metodologia ES+.

O projeto é desenvolvido pelo IES – Social Business School e pelo IPAV – Instituto Padre António Vieira e apenas possível com o envolvimento e financiamento da Fundação Calouste Gulbenkian, da Fundação EDP e do Programa Operacional de Competitividade – Compete. O projeto tem como parceiros nacionais o IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação, I.P. e a RHmais, e parceiros internacionais a SIX – Social Innovation Exchange, e o Euclid Network.

O MIES apresenta o Mapa de Inovação e Empreendedorismo Social em Portugal Online. Este mapa interativo tem como objetivo dar a conhecer os dados recolhidos pela investigação do MIES durante a 1ª fase (Região Norte, Centro e Alentejo).

Ver mapa aqui.

mapainovacaosocial

O MIES dá-lhe a conhecer a livro Mapa de Inovação e Empreendedorismo Social em Portugal | 1ª fase publicado no final do da fase de levantamento das iniciativas ES+ das regiões Norte, Centro e Alentejo.

Anúncios

Assembleia da República | conheça os deputados eleitos por Setúbal

Biografia e contatos aqui.

deputadossetubal

 

Conheça os líderes mais admirados no mundo

Que líder mais admira? Esta foi a pergunta colocada pelo Fórum Mundial Económico a mais de mil líderes com idades entre os 20 e os 30 anos em 125 países. Conheça aqui o ranking.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Presidente da ANA Aeroportos: “não há prazos para o novo terminal no Montijo”

Fonte: Jornal de Negócios

O Montijo parece a opção mais consensual para a instalação de um novo terminal aéreo, direccionado sobretudo para as companhias low cost. Mas ainda há muito trabalho por fazer, alerta o presidente da ANA Aeroportos.

anaaeroportos

O presidente da ANA Aeroportos, Jorge Ponce de Leão, explicou esta segunda-feira, 26 de Novembro, que não existem planos para o arranque do novo terminal aéreo na base do Montijo, também conhecido como Portela+1.

Apesar de garantir que o “memorando de entendimento com o Governo está feito”, o responsável admite que existem ainda muitos elementos por definir.

Regime de taxas, dimensão e tipo de terminal ou fases de desenvolvimento do mesmo são elementos que o presidente da ANA Aeroportos dá como exemplo das “incógnitas” ainda não resolvidas.

“Há um entendimento consensual que o Montijo é a melhor opção. Dito isto, agora vamos fazer o resto do trabalho. Não estamos fora do prazo. Estamos ainda com tempo”, reforçou. E deixou um aviso: “Há tanto trabalho a fazer que ninguém pense que há respostas definitivas”. Continuar a ler