Nova Feira Popular de Lisboa ficará dentro de um parque verde de 20 hectares

Fonte: Expresso

Será quatro vezes maior do que Entrecampos e estará rodeada de verde. Em Carnide, nascerá um centro urbano com diversões, na fronteira de Lisboa mas no coração da área metropolitana.

feirapopular

A nova Feira Popular de Lisboa, a instalar em Carnide, terá muito pouco a ver com “o modelo de parques de diversão internacionais”, garante Fernando Medina, o presidente da Câmara, que esta terça-feira de manhã apresentou o projeto.

O futuro espaço, entre o quartel da Pontinha e as oficinas do Metro, terá 20 hectares (o equivalente a outros tantos campos de futebol), quatro vezes mais do que os terrenos de Entrecampos, onde até há 12 anos funcionou a Feira Popular.
“As diversões estarão integradas num parque urbano”, cheio de espaços verdes, e “será uma Feira Popular para todos”, assegura o autarca.

Por um lado, será vocacionada para as famílias, que terão ao dispor “atrações suaves”, como festas de aniversário ou o final do ano letivo. Mas no polo oposto, o novo parque destinar-se-á também aos “amantes da aventura e da adrenalina”.

Igualmente, “a nova feira terá uma forte ligação à memória da cidade”, assegura o autarca.

O projeto será construído de forma faseada, não tendo Fernando Medina divulgado os prazos da sua conclusão ou, sequer, da abertura da primeira fase. Uma grande roda gigante, a girar sobre o lago, será o “ícone do novo conceito”, explica.

O modelo de negócio está a ser estudado, assim como outros aspetos da iniciativa. Esta será objeto de uma ampla discussão pública, afirmou Fernando Medina. A feira permitirá ainda um “programa de reabilitação urbana de toda a zona circundante”.

A nova localização (depois de Palhavã, em 1943, e de Entrecampos, em 1961, a Feira Popular de Lisboa conhecerá a sua “terceira casa”) levou em conta as boas acessibilidades: perto do centro comercial Colombo, com uma estação de Metro já existente (Pontinha) frente a um dos topos, ao lado da CRIL e não muito longe da Segunda Circular.

Carnide situa-se num extremo do concelho de Lisboa, quase paredes-meias com os municípios de Odivelas e Amadora, tendo assim uma posição privilegiada na área metropolitana de Lisboa.

Até ao momento, o investimento da Câmara lisboeta na nova Feira Popular é de cerca de 11 milhões de euros, gastos na compra de terrenos que não eram propriedade da autarquia.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s