Green Project Awards 2015

Fonte: Green Savers

Os vencedores da oitava edição dos Green Project Awards serão conhecidos no dia 7 de Janeiro, uma quinta-feira, de acordo com uma nota da organização. A cerimónia realiza-se das 9h às 12h no Grande Auditório da Culturgest, em Lisboa.

GPA_SAPO1111

O projecto, recorde-se, premeia empresas, ONG, entidades públicas, associações, fundações, organizações da sociedade civil ou cidadãos em nome individual que se tenham distinguido pelas boas ideias em prol da sustentabilidade.

Recorde todos os finalistas.

Todos os premiados serão ainda candidatos a prémios internacionais em representação de Portugal – no EBEA (European Business Awards for the Environment) e Distinção GPA-CPLP.

A presença no evento é gratuita, mas a inscrição obrigatória. Faça-a aqui e peça mais informações para o telefone 21 358 80 20 e email mfernandes@gci.pt.

Anúncios

Intervenção do Secretário Geral do PS António Costa

Intervenção no âmbito do encerramento do debate sobre o Programa do XX Governo Constitucional.

Smart City Expo World Congress 17 e 19 de Novembro

Fonte: Smart Cities

É já na próxima semana que Barcelona se torna a capital mundial das smart cities. A cidade catalã acolhe, pela quinta vez, o Smart City Expo World Congress(SCEWC). A edição deste ano, a ter lugar entre 17 e 19 de Novembro, vai ser a maior de sempre, segundo a organização, estando já assegurada a presença de 500 cidades, 450 expositores e 400 oradores.

banner_728x90_en

Para as cidades, o certame representa uma oportunidade para mostrar os projectos e soluções que estão a implementar, desde Tel Aviv, a Istambul, Adelaide, Hamburgo, Nova Iorque, Viena ou Paris. Para dar a conhecer as soluções mais recentes na área da gestão urbana, vão estar, lado a lado, gigantes multinacionais e start-ups promissoras – Amazon, Audi, Airbnb, Cisco, Engie, FCC, Ferrovial, FIWARE, Google, IBM, Microsoft, SAP, Siemens, Telefónica, ThyssenKrupp são alguns dos nomes que vão ocupar a área de exposição.

Mas o sucesso do SCEWC não se deve apenas à mostra de projectos e soluções. Em apenas cinco anos, o evento já se assumiu como o palco de excelência para debater as tendências de inteligência urbana actuais. Para isso, estão marcadas mais de 40 sessões dedicadas a seis temas centrais na discussão sobre smart cities: tecnologia, sociedade, governança, sustentabilidade, mobilidade e inovação & start-ups. A palavra vai estar do lado de nomes como os dos economistas Edward L. Glaeser (Universidade de Harvard) e Pankaj Ghemawat (Universidade de Nova Iorque), da especialista em tecnologia Juliana Rotich e de Beth Simone Noveck, directora do Governance Lab, entre outros.

Porquê Barcelona? Boyd Cohen responde

Eleita Capital da Inovação Europeia e Cidade do Futuro, Barcelona parece ser a escolha óbvia para acolher um evento desta magnitude. A capital da Catalunha tem sido o palco de inúmeros projectos tecnológicos e a musa inspiradora de muitas cidades do mundo. Mas será apenas isso que torna Barcelona tão especial? Continuar a ler