Amadora| Sistema de Indicadores de Desenvolvimento Territorial 2015

O Sistema de Indicadores de Desenvolvimento Territorial 2015 (SIDT) visa medir o desempenho económico, social, ambiental e institucional do município da Amadora e tornar mais fácil e eficiente o processo de sistematização, troca e utilização de informação entre os serviços da Câmara Municipal.

click na imagem para ver documento

sidtamadora

Este projeto assenta em dados de base e em indicadores estruturados em dimensões que se agrupam em quatro domínios fundamentais: Sociedade, Economia, Território e Ambiente e articula-se com os principais instrumentos que constituem a matriz de referência das opções de política de desenvolvimento municipal.

A recente publicação da Estratégia “Cidades Sustentáveis 2020” e a criação de um Barómetro da Sustentabilidade Urbana veio valorizar e reforçar a criação do sistema de indicadores, no sentido de permitir à Cidade aferir o seu posicionamento na escala de desempenho para um desenvolvimento urbano sustentável.

 

Anúncios

As 10 melhores cidades do mundo para estudar

Fonte: canalsuperior

Foi divulgado o ranking «QS Best Student Cities 2016». Entre as 75 melhores cidades para estudar no Ensino Superior consta apenas uma portuguesa.

paris

Qual a melhor cidade do mundo para estudar? A resposta é Paris. A capital francesa ocupa o primeiro lugar, pelo quarto ano consecutivo, do ranking «QS Best Student Cities 2016», que foi hoje divulgado pela consultora Quacquarelli Symonds (QS).

O título deve-se, sobretudo, ao facto de a cidade albergar 18 universidades internacionalmente reconhecidas. «Enquanto Paris tem uma reputação de ser um lugar caro para se viver, as propinas relativamente baratas significam que representa, na verdade, um destino mais acessível quando comparado a muitas outras cidades estudantis populares», lê-se no portal da QS, responsável por um dos mais prestigiados rankings de universidades a nível global – o QS World University Rankings.

O top 5 do ranking fica completo com Melbourne, que mantém a 2ª posição relativamente ao ano passado, Tóquio, a capital japonesa sobe do 7º para o 3º lugar, Sidney, continua na 4ª posição, e Londres, que perde a medalha de bronze, e está agora em 5º lugar.

Entre os melhores destinos para quem estuda no Ensino Superior consta apenas uma cidade portuguesa. Lisboa detém o 52º lugar do ranking internacional, que inclui mais 25 cidades do que os habituais 50 melhores destinos para estudar.

O «QS Best Student Cities 2016» é publicado anualmente, tendo como base cinco critérios de avaliação: rankings universitários, custos associados, diversidade de estudantes, níveis de empregabilidade e capacidade de atração.

Top 10 Continuar a ler

Intervenção do Primeiro-Ministro António Costa

Intervenção inicial do Primeiro-Ministro António Costa na apresentação e debate sobre o Programa do XXI Governo Constitucional.