Cidades do futuro devem ajudar a resolver problemas sem invadir a vida das pessoas

Fonte: Público

Barcelona foi palco de uma exposição em que estiveram em evidência os mais recentes desenvolvimentos tecnológicos na área das smart cities.

drone

As cidades do futuro terão drones para transportar medicamentos ou prestar assistência em situações de emergência, haverá robots para prestar informações nas ruas, os carros serão todos eléctricos e partilhados pelos utilizadores, os elevadores consumirão menos energia e poderão deslocar-se na horizontal, e os projectos urbanísticos absorverão as ideias criativas dos seus habitantes que, ao mesmo tempo, estarão mais perto da sua governação.

Esta é uma antevisão baseada em algumas das tendências e novidades da quinta edição da Smart City Expo – que se realizou em Barcelona no mês passado – e que pretende ser, segundo a organização, “o congresso líder mundial em soluções inteligentes para as cidades, organizações e especialistas”. Um dos grandes desafios, defenderam os responsáveis municipais da capital da Catalunha, está na compatibilização do desenvolvimento tecnológico com o direito dos cidadãos à privacidade.

O evento, que recebeu 20 mil visitantes (o dobro da última edição), contou com 450 expositores e representantes de 500 cidades. Entre os expositores destacavam-se  as empresas ligadas à mobilidade, tecnologia, eficiência energética, meio ambiente, gestão demográfica e urbanismo. A Smart City Expo teve a sua origem na BcnRail, uma feira internacional ferroviária no qual os transportes urbanos e as novas tecnologias ocupam um lugar de destaque. Este certame ainda se mantém e ocupa o mesmo espaço físico da Smart City Expo que, contudo, tem uma abrangência maior. 

Uma das tendências deste ano foi a das inúmeras aplicações parasmartphones apresentadas pelas empresas e que podem ajudar o cidadão no seu dia a dia. As ligadas à mobilidade tiveram particular destaque – apps para estacionamento inteligente e transportes públicos inteligentes que interagem em tempo real com os seus utilizadores. Ou ainda plataformas para a gestão de frotas municipais ou para a partilha de veículos.

No âmbito da sustentabilidade foram apresentadas aplicações que ajudam na gestão dos consumos energéticos e de água. E, no que diz respeito à cidadania e aos serviços públicos, há apps para marcar consultas médicas e sistemas de videovigilância avançados.

Na gestão dos resíduos o velho camião do lixo poderá ter os dias contados se se consolidar o sistema de recolha por vácuo, através de canalizações subterrâneas. As pessoas metem os sacos em pontos de recolha que depois são sugados para a central de tratamento. Em Espanha há já perto de 200 municípios que utilizam este método de recolha dos resíduos.

Na indústria ferroviária, os comboios, os metros e as redes de eléctricos estão inventados há muito, mas a sua relação com os passageiros pode mudar devido a aplicações que dão informações sobre o seu funcionamento em tempo real. E a julgar pelas novidades apresentadas, teme-se que a publicidade invada as próprias janelas das carruagens, transformadas em écrans, nos quais, de resto, os passageiros podem trabalhar e projectar o que quiserem.

A perda de privacidade dos cidadãos em cidades onde todos estão ligados e interagem, foi um dos temas debatidos. A esse proprósito, Agusti Colom, vereador da Câmara de Barcelona foi claro no seu discurso durante a inauguração do certame: “uma smart city não é só encher uma cidade com sensores. É perguntarmo-nos para que queremos esses sensores. A nossa política não é transformar Barcelona numa montra para que as grandes empresas mostrem os seus produtos, mas sim ver como é que a tecnologia pode ajudar a resolver os problemas urbanos, como é que esta pode ser uma ferramenta e não uma imposição que invada a vida das pessoas”.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s