Opinião | Uma 2.ª Circular melhor por Fernando Medina

fernando medinaA intervenção na 2ª Circular é uma prioridade para Lisboa. Em primeiro lugar para melhorar a vida dos automobilistas que diariamente utilizam esta via. A 2ª Circular é a via com mais sinistralidade, engarrafamentos frequentes e com uma circulação insegura dadas as constantes alterações de velocidade e trajetórias dos automobilistas. É necessária uma via mais segura, com trânsito mais fluido, com menos congestionamento e com muito mais regularidade de circulação.

Em segundo lugar, esta intervenção visa a melhoria da vida dos que residem e trabalham nas suas imediações e na cidade em geral. Menos ruído, menos poluição e melhor ambiente são objetivos primordiais.
Esta via está identificada no Plano de Ruído como uma fonte de excesso de ruído, com perturbações várias na saúde e na qualidade de vida. O elevado número de veículos a circular e o constante pára-arranca são também responsáveis por níveis de poluição muito elevados, com impactos diretos negativos na saúde e no bem-estar dos cidadãos e, a um nível mais geral, contribuindo para as alterações climáticas.

A Câmara de Lisboa apresentou uma proposta de intervenção global, atualmente em consulta pública. O debate tem sido participado, vivo e intenso, como é bom que seja em matérias da Polis e em especial as com esta importância.

Hoje aparecem como consensuais: a pavimentação integral de todas as vias com correção do sistema de drenagem; a recuperação da sinalização horizontal e vertical; a substituição da iluminação pública; a melhoria da geometria das várias entradas e saídas da via, como a correção do cruzamento do Campo Grande e a introdução de uma ligação direta entre a 2ª Circular e a Avenida Padre Cruz/Calçada de Carriche.

Alguns mantêm a dúvida sobre a redução do limite de velocidade proposto. Deve dizer-se que atualmente não é a velocidade máxima que condiciona a circulação na via, pois às horas de ponta a velocidade média não ultrapassa os 45 km/hora. O conjunto das intervenções previstas permite aumentar a velocidade média de circulação, com mais segurança e conforto.

Há por fim os que duvidam da oportunidade da intervenção, referindo ser necessário proceder antes a um vasto conjunto de obras para a mesma funcionar. Discordo. Precisamos de várias intervenções adicionais, responsabilidade da Administração Central. Mas isso não é razão para adiarmos aquilo que em Lisboa devemos e podemos fazer.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s