IHRU quer transferir o património habitacional, mas municípios recusam aceitá-lo

Fonte: Lusa

O presidente do Instituto da Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU) defendeu esta quarta-feira a transferência das casas que gere para os municípios, mas referiu que 44 autoridades locais recusaram, devido a existência de um empréstimo associado.

habitacao

“Sempre defendemos, por uma questão de proximidade, que não fazia sentido gerir casas em Elvas, Monforte (Portalegre), Arcos de Valdevez (Viana do Castelo)”, disse o presidente do IHRU, esclarecendo que “havia a expectativa de transferência para os municípios”.

Vítor Reis garante que “houve até hoje 44 municípios que recusaram a transferência do património”, explicando que se deve aos encargos associados a um empréstimo do Banco Europeu de Investimento utilizado para a realização de obras nas habitações.

No âmbito de uma audição com o grupo de trabalho de Habitação, Reabilitação Urbana e Políticas de Cidades, no parlamento, o presidente do IHRU garantiu que “não tem nenhuma atuação diferente do que os restantes proprietários de habitação social”, explicando que as diferenças que por vezes existem se devem à existência de municípios que têm regulamentos próprios de gestão da habitação social.

“A partir do momento que o IHRU tem que gerir habitação que se distribui por todo o país, o IHRU não pode praticar um regime diferente” por cada zona, disse o responsável, considerando que se o fizesse seria uma “completa ilegalidade”. Continuar a ler

Anúncios

Montijo | CDU e PSD votam contra moção em defesa da ligação por Metro ao futuro aeroporto

Na sequência da previsão de instalação de um novo aeroporto na Base Aérea n.º 6 do Montijo e da necessidade de estudar e projetar o reforço dos transportes públicos na cidade, o presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta, apresentou, na reunião ordinária de 16 de março, uma moção em defesa da ligação do Metro Ligeiro de Superfície ao futuro aeroporto.

cidade_montijo

Apesar de, historicamente, já terem defendido a ligação do Metro Ligeiro de Superfície à cidade do Montijo, PSD e CDU votaram contra a moção, inviabilizando assim a sua aprovação.

O presidente da Câmara Municipal do Montijo apresentou a referida moção por considerar que “na defesa do superior interesse do concelho (…), a solução de Metro de Superfície representa uma mais-valia na rede de transportes públicos e na conectividade da cidade com a nova infraestrutura aeroportuária civil”, afirmou.

Para o autarca é necessário “estudar e projetar a consolidação de um elemento estruturante que atravesse o Arco Ribeirinho Sul, dando coerência territorial e coesão funcional ao território, através de um corredor de transportes coletivos, para garantir a irradiação económica da nova centralidade aeroportuária do Montijo”.

A ideia de extensão do metro de superfície à cidade do Montijo surgiu em 1997, na Assembleia da República, através da aprovação de uma proposta do PSD de alteração ao Orçamento de Estado para 1998 que contemplava uma verba para o desenvolvimento de estudos e projetos com vista à extensão do metro ligeiro à cidade do Montijo. Continuar a ler

Estas são as 5 cidades mais saudáveis do Mundo

Fonte: Sol

Se gosta de fazer desporto, ter uma alimentação equilibrada e, basicamente, valoriza a existência de um estilo de vida saudável, comece já a planear as suas próximas viagens.

singapura

O Guardian e o Economist juntaram-se e fizeram uma lista das cidades mais saudáveis do mundo. Aqui estão elas:

Singapura: Nesta cidade-Estado, a esperança média de vida é de 84.07 anos. Mais de 80% da população utiliza o sistema nacional de saúde – considerado um dos melhores do mundo. É uma das cidades mais limpas do planeta e maioria das pessoas anda de bicicleta e não de automóvel.

Tóquio: Tem uma das melhores redes de trânsito do mundo. Em 2012, foi considerada pelo Guardian como a segunda cidade mais saudável do planeta, com uma esperança média de vida de 84.19 anos. Este valor pode ser explicado através da aposta no sistema nacional de saúde por parte do governo, da dieta alimentar equilibrada que é normalmente praticada no Japão e da importância dada aos laços familiares.

Perth: Para além de ter sido escolhida como uma das melhores para se viver, esta cidade australiana é também uma das mais saudáveis. Entre 1998 e 2009, o número de ciclistas em Perth aumentou 450%. Para além disso, é também valorizada a alimentação equilibrada dos seus habitantes, a qualidade dos cuidados médicos ali existentes e a satisfação de quem ali vive com a cidade no seu todo. Continuar a ler

PCP: Os transportes públicos e a mobilidade na Área Metropolitana de Lisboa

pcplogo-1728x800_c

Existe um outro caminho, uma política alternativa que responde aos problemas com que o Povo e o País se confrontam, Uma política patriótica e de esquerda, que no plano dos transportes públicos imponha uma profunda ruptura com o caminho seguido, uma aposta nas empresas públicas e na sua dinamização e aproveitamento, uma aposta que impõe o respeito pelos direitos dos trabalhadores, dos utentes e populações. Uma política patriótica e de esquerda nos transportes públicos orientada para promover a sua crescente utilização – com ganhos ambientais, económicos e sociais amplamente reconhecidos – através de uma política de preços atractiva, da crescente intermodalidade da bilhética, do reforço da fiabilidade e qualidade do serviço, e de uma oferta adequada às necessidades. Assumimos 10 prioridades estruturantes dessa política:

  1. Alargamento do Passe Social Intermodal, alargando a cobertura das coroas a toda a área metropolitana, consagrando-o como título válido em todos os operadores de transporte colectivo, públicos e privados, e em todos os seus serviços, e assegurando que um único passe permita a utilização de todos os meios de transporte colectivo sem aumento de preço para os utentes, bem como criar bilhetes multimodais válidos em todos os operadores.
  1. Redução imediata e significativa dos preços, a par da reintrodução da redução de 50% nos passes para estudantes e reformados e dos passes individuais do Metropolitano e da Carris.
  1. Reversão urgentes dos cortes impostos pelo anterior Governo à oferta na Carris, Metro, Transtejo e Soflusa, estimulando uma política que deve levar ao aumento da oferta nas próprias rodoviárias hoje submetidas à exploração capitalista.

Continuar a ler

Humor | Portugal já tem Primeira-Dama

Chama-se Brites de Almeida! Facebook aqui.

britesdealmeida

Marcelo Rebelo de Sousa foi o primeiro Presidente da República a chegar a Belém sem uma primeira-dama.

“Portugal não tem Primeira-Dama. Não tinha. Agora já tem”, lê-se na página do Facebook, que se apresenta como sendo de “Brites de Almeida, a primeira Primeira-Dama independente da história”.

A página já conta com mais de 11 mil seguidores e a marca gráfica da famosa “Criada Malcriada”.

APP Viva Mobile permitirá carregar títulos de transporte

Fonte: startup magazine

No passado dia 1 de março, a OTLIS, ACE e a Link Consulting apresentaram um piloto da app VIVA mobile na feira IT-Trans, organizada pela Associação Internacional dos Transportes Públicos (UITP).

appvivamobile

A app, que será lançada ainda este ano na Área Metropolitana de Lisboa, permitirá comprar e carregar títulos de transporte e consultar saldos e movimentos, tudo a partir do telemóvel. Com base numa tecnologia especializada, a aplicação móvel funcionará como um cartão virtual, semelhante à dos cartões VIVA Viagem: para validar o título de transporte bastará aproximar o telemóvel do validador.

Este sistema inovador permitirá acompanhar a modernidade crescente nos sistemas de bilhética sem contacto, ajudando os clientes a ter acesso imediato aos seus registos de utilização nos operadores de mobilidade. Também permitirá planear viagens e adquirir direitos ao uso de transporte, ou mesmo do parqueamento. Continuar a ler

Há 83 cidades do mundo mais caras do que Lisboa

Fonte: TSF

A Economist elabora anualmente um ranking com o custo de vida, neste caso, em 133 cidades do mundo. Lisboa é 84ª.

cidademaiscara

Singapura aparece à cabeça, seguida de Zurique, Hong Kong, Genebra e Paris.

Nos primeiros dez destinos ainda aparecem Londres, Nova Iorque, Copenhaga, Seul e Los Angeles.

É já na parte final do ranking que surge Lisboa, uma das capitais da União Europeia mais baratas.

Melhores só Praga, Varsóvia, Sófia e Bucareste, esta já no fim da lista.
Lisboa segue uma tendência que se verifica em várias cidades analisadas, estando agora mais barata do que há um ano, segundo a Economist.

Em 133 e último lugar – a mais barata das caras… – surge Lusaca, a capital do Quénia.

Montijo | Comemorações Dia Internacional da Mulher

No âmbito das comemorações do Dia Internacional da Mulher, no dia 10 de março, teve lugar uma sessão pública, no Cinema Teatro Joaquim d’ Almeida (CTJA), sob o lema “Mulheres na Construção do Poder Local”.

Ao palco subiram 53 das 86 mulheres que foram deputadas da Assembleia Municipal e das Assembleias de Freguesia desde a instituição destes órgãos municipais e que, atualmente, não exercem cargos políticos.

A cerimónia contou com as intervenções do presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta, e da Secretária de Estado para a Igualdade e Cidadania, Catarina Marcelino.

AML Fórum Transportes | Promover a Sustentabilidade no Financiamento do Sistema de Transportes Colectivos por Luís Miguel Martínez

A Área Metropolitana de Lisboa promoveu, no passado dia 3 de março, o Fórum Mobilidade e Sistema Metropolitano de Transportes – Direito à Mobilidade com Transportes Públicos Sustentáveis.

Conheça a apresentação de Luís Miguel Martínez (colaborador do Internacional Transport Forum da OECD) – Promover a Sustentabilidade no Financiamento do Sistema de Transportes Colectivos.

click ma imagem para ver documento

amltransportesluismiguelmartinez

Faça o teste! Onde seria mais feliz, no campo ou na cidade?

Faça o teste aqui.

Acaba de ser lançada uma ferramenta para saber em que ambiente se se sente melhor, no rural ou urbano. É uma iniciativa da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, depois de ter arrancado com o programa Recomeçar, quer saber qual é o seu perfil territorial!

campocidade

PCP transportes | “É imperiosa a necessidade de inverter a política de transportes”

Fonte: PCP

Intervenção de Jerónimo de Sousa, Secretário-Geral do PCP, em reunião (do PCP) metropolitana sobre transportes públicos e mobilidade.

pcptransportes

As nossas cordiais saudações a todos os presentes que aqui vieram debater os problemas dos transportes públicos e da mobilidade da Área Metropolitana de Lisboa, mas igualmente os contributos e soluções que se impõem para os ultrapassar.

As opiniões que aqui foram expressas confirmam a gravidade da situação em que se encontra o sector dos transportes, particularmente dos transportes públicos e a existência de bloqueios agudos à mobilidade na Área Metropolitana de Lisboa com evidentes prejuízos para a qualidade de vida das populações e com impactos muitos negativos no plano social, ambiental, energético e na economia.

Uma grave situação que é resultado, como igualmente aqui se afirmou, de uma errada política de transportes que tem vindo a concretizar-se nos últimos anos, particularmente desde o início da década de noventa e que se acelerou nestes anos de PEC e de Pacto de Agressão. Continuar a ler

OA: Projeto do Lab | Arquitectos sul coreanos criam painéis em betão para florir fachadas de prédios

Mais informação aqui.

7 perguntas que definem inteligência emocional

Fonte: startup magazine

Determinar quem é que contrata para um dado emprego desempenha um papel fulcral na formação da cultura da sua empresa e garantir o seu futuro sucesso. Saber selecionar as perguntas essenciais na fase de entrevista pode ser um fator chave para encontrar as pessoas certas, assim como também lhe permite eliminar as que não são as mais indicadas. O mais importante são sempre as respostas dos candidatos.

inteligenciaemocional

Ainda que diferentes empresas incorporem vários valores e culturas, o que é certo é que o sucesso no local de trabalho é fortemente influenciado pela inteligência emocional dos seus trabalhadores, uma qualidade imprescindível para aferir se tem à frente o candidato ideal ou não.

Como tal, existem 7 perguntas que o ajudam a extrair respostas reveladoras dos candidatos para o emprego que a sua empresa tem a oferecer, percebendo a inteligência emocional dos mesmos.

1. Quem é que o inspira e porquê?

Geralmente, a resposta do candidato dá ao entrevistador a possibilidade de perceber quem são os modelos de referência da pessoa. Para além disso, a resposta também pode destacar os tipos de padrões comportamentais que o entrevistado respeita.

2. Se estivesse a abrir uma empresa amanhã, quais seriam os seus três principais valores?

Todos os bons relacionamentos começam com confiança e valores alinhados. Perceber quais são os valores de um determinado candidato – como a honestidade e a integridade – podem surgir facilmente na resposta a esta pergunta.

3. Se as prioridades no negócio mudarem, descreva como é que iria ajudar a sua equipa a concretizar os novos objetivos. Continuar a ler