App portuguesa liga turistas às cidades

smiity

Aplicar o conceito de smart cities a uma plataforma móvel de Turismo é um dos objectivos da smiity. A aplicação, criada pela portuguesa mobinteg, oferece informações aos turistas sem que eles tenham pedido. Basta passar por um monumento, por exemplo, e a sua história surge automaticamente no telemóvel.

A smiity encontra nos beacons o elemento determinante para o seu sucesso. Esta tecnologia consiste em dispositivos, que podem ser colocados numa parede ou outra superfície, e que, quando detectados por determinada aplicação, imitem sinais sobre o local em que estão. Neste caso, o turista que utilize a smiity vai receber notificações ao passar por um ponto de interesse. Não vale a pena andar de mapa numa mão e guia turístico na outra, basta o smartphone ou tablet. Continuar a ler

Anúncios

Festas Populares do Pinhal Novo começam hoje

festaspinhalnovo

PROGRAMA

07 de Junho de 2016
(3ª Feira)

19:00H 13º Torneio Futsal “Antº Ramalheira
Organização: Núcleo de Árbitros de Pinhal Novo e Festas Populares – Pavilhão Desportivo Municipal de Pinhal Novo

19:30H Recepção às Entidades Oficiais
Biblioteca Municipal de Pinhal Novo

19:30H Jogos e pinturas faciais
Stand Fundação COI

19:30H Teatro de rua “Cinderela”
Stand Centro Social Paroquial

19:30H Vivência Explosiva
Palco da Gastronomia

20:00H Demonstração de ballet para crianças
Stand Palmela Desporto

20:30H Inauguração Oficial das Festas Populares P. Novo – Animação p’los Gaiteiros do Cirio da Carregueira
Ruas das Festas

21:00H Quina Barreiros
Palco da Gastronomia

21:00H Animação de rua p´lo Grupo “BALHA CA CARROÇA”
Ruas da Festa

21:30H Roadies
Pátio Caramelo

21:30H Para a sopa comer uma tijela vou ter – Stand Feira do Livro
Bibliotecas Escolares

22:00H Concerto pela Banda da SFUA – Soc. Filarmónica União Agrícola P.Novo
Palco Associativismo

23:00H Concerto D.A.M.A
Palco Praça Independência

23:00H Goodfellas
Pátio Caramelo

23:30H Largada de Toiros
Junto aos divertimentos

00:30H Dj’s Mix Brothers
Pátio Caramelo Continuar a ler

Quase metade dos portugueses vivia numa cidade em 2015, acima da média da UE

Fonte: Lusa

Quase metade dos portugueses com idade entre os 20 e os 64 anos viviam em cidades (44%) em 2015, uma taxa acima da média da União Europeia (UE 41%), segundo dados do Eurostat.

parquedasnacoes

Quase metade dos portugueses com idade entre os 20 e os 64 anos viviam em cidades (44%) em 2015, uma taxa acima da média da União Europeia (UE 41%), segundo dados divulgados pelo Eurostat.

Depois das cidades, as vilas e subúrbios são os aglomerados urbanos com mais população em Portugal (31%, que compara com 32% na média europeia), seguindo-se as áreas rurais (25%), fce aos 27% na UE.

Segundo o gabinete oficial de estatísticas da UE, o Reino Unido (60%) e Chipre (54%) são os Estados-membros onde mais de metade da população na faixa etária considerada vive em cidades, enquanto no outro extremo se encontram a Eslováquia (19%), Eslovénia (20%) e Luxemburgo (21%). Continuar a ler

UM Cidades | FUNDÃO é o Município do Ano Portugal 2016

Estão encontrados os vencedores dos Prémios Município do Ano Portugal 2016, promovidos pela Universidade do Minho. Fundão foi o grande vencedor nacional. Os vencedores regionais foram:

umcidades2016

Arouca (Área Metropolitana do Porto), Lisboa (Área Metropolitana de Lisboa), Vila Nova de Famalicão (Norte), Alfândega da Fé (Norte, menos de 20.000 habitantes), Fundão (Centro), Batalha (Centro, menos de 20.000 habitantes), Santarém (Alentejo), Loulé (Algarve), Praia da Vitória (Regiões Autónomas).

Prémios Município do Ano – Nomeados 2016

Alentejo

Avis – CrescerAvis – Ludotecas Municipais, Pilar de apoio às famílias

Elvas – Forte da Graça

Ponte de Sôr – Kiitos@21stCenturyPreshools – Um projeto local de Dimensão Europeia

Santarém – Reabilitar Troço a Troço

Algarve

Albufeira – Projeto Chapim

Lagoa – Projeto Green Cork | Educação ambiental em contexto educativo e comunitário

Lagos – Lagos na Rota do Envelhecimento Ativo

Loulé – Loulé Criativo

Área Metropolitana de Lisboa Continuar a ler