Setúbal | Orçamentos dos 13 municípios do distrito para 2016

Fonte: Diário da Região

Setúbal e Almada são os únicos municípios do distrito com valores orçamentais que ultrapassam os cem milhões de euros. Grândola e Alcochete apresentam os orçamentos mais baixos.

Sem Título

Cerca de 631 milhões de euros é o total da soma dos orçamentos que os 13 municípios, que integram o distrito de Setúbal, apresentaram para 2016. Entre os documentos previsionais aprovados para este ano, nos órgãos municipais dos respectivos concelhos, Setúbal – capital do distrito – é o município que apresenta o orçamento de maior valor, com quase 117 milhões de euros, apenas mais cerca de cinco milhões relativamente a Almada, que aprovou um orçamento de 112 milhões de euros. Estes dois municípios de maioria CDU, presididos por Maria das Dores Meira e Joaquim Judas, respectivamente, são, de resto, os únicos na região com orçamentos que ultrapassam os cem milhões de euros.

A terceira câmara municipal do distrito a registar maior orçamento é a do Seixal, liderada por Joaquim Santos (CDU), com 81,5 milhões de euros, seguindo-se o município de Sesimbra, com 54,8 milhões. Cada um dos restantes nove municípios da região tem para 2016 um orçamento inferior a 45 milhões de euros. Aqueles que ficam mais perto deste montante são os municípios do Barreiro, presidido por Carlos Humberto (CDU), com 44,9 milhões, e de Palmela, liderado por Álvaro Amaro (CDU), com 42,5 milhões. Continuar a ler

Anúncios